sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Zelo Tirano - Daspletosaurus

2017 foi um ano excelente para a pesquisa de tiranossaurídeos. Uma nova espécie, Daspletosaurus horneri, foi descrita e, contando com ótima preservação, teve a distribuição de diferentes tipos de pele cobrindo o crânio (entre escamas, couraça e revestimento córneo) detalhadamente inferida. Além disso, constatou-se também a presença de sensores no focinho, semelhantes aos dos crocodilianos.

Sobre os sensores, é difícil atribuir para terópodes terrestres a mesma função que vemos nos crocodilos - detectar presas na água. O estudo sugeriu então o uso em outros comportamentos, como, por exemplo, o cortejo por meio do contato entre os focinhos ou para uma precisa e cuidadosa averiguação do ninho e dos ovos. Na ilustração, um adulto checa a temperatura do ninho utilizando o focinho, pondo em uso os seus sensores.

Pintura digital.



Nenhum comentário:

Postar um comentário